Fotografia

uma compartilhada sincera 

Hoje passo por aqui pra espalhar amor em forma de fotografia, estética impecável, minas fodas e muita sensibilidade. Acompanho o trabalho da Janis pelo Instagram – @janisjfl – há alguns anos e já fazia tempo que queria registrar aqui a inspiração que a fotografia dela traz pra minha vida. É mulher fotografando mulher, enaltecendo a beleza que existe em todas nós, sem sexualisar a sensualidade feminina. Enfim, admiro demais e a beleza é de encher os olhos.

E aproveito pra falar também da Duda – @dudais – cujo trabalho segue a mesma linha. Gente jovem criando arte cheia de personalidade é lindo de ver ❤

(eu não sabia que gostava tanto de pernas até escolher as fotos pra montar esse post)

Anúncios

Meu pé de café 

Semana passada visitei um cafézinho apaixonante, o Meu pé de café. Fui parar nele quase que por acidente e assim que cheguei lá amei o lugar. Acontece que, nos últimos tempos, quando vejo cenas e cenários bonitos minha mão fica coçando pra tirar fotos e fotos daquilo. E, enfim, acabei tirando tanta que decidi transformar em post!

O lugar é bem descontraído, o que já me agrada muito. É bastante espaçoso, com mesinhas tanto ao ar livre quanto no coberto. É o tipo de lugar em que você vai tanto pra aproveitar o ambiente quanto pra comer. E, importante: quando cheguei lá começou tocar Green Day!

O cardápio é bem variado (exceto se você quiser ser muito saudável, acho que não é o lugar certo pra isso haha). Mas acabei escolhendo esse cheesecake de Nutella, feito no paraíso, provavelmente! E claro, o cafézinho nosso de todas as horas.

Mas confesso que o que me chamou mais a atenção foi o capricho da decoração do lugar. Uma mistura de plantas, móveis rústicos, quadros, flores em garrafas, luzinhas em canecas…

Por fim, confesso que é provável que eu não teria tido a ideia pra esse post se não estivesse acompanhando com muito amor o Rolê Cafeína no blog da Hari (já até falei sobre ela por aqui, lembra?) então não posso deixar de dar o crédito pra ela! Mas achei legal mostrar que no interiorzão também tem coisa boa!

Gostou? Então entra no insta oficial do café, eles postam mais sobre os pratos por lá. E, se alguém morar perto de Piracicaba, tenho certeza que não vai se arrepender de dar uma visitada nesse bistrô delicioso.

Algumas fotos 

Na última semana até que aconteceu bastante coisa por aqui e eu preciso admitir que nem pensei em parar pra escrever. Nesses dias meus pensamentos oscilaram muito entre a sensação de que minha vida está todinha bagunçada e um sentimento muito forte de gratidão, força e boas expectativas. Bom, vale dizer que amanhã é meu aniversário, então, nada de anormal, né? Algumas coisas estão mudando, tanto de maneira prática, na minha rotina, quanto na minha relação comigo mesma – mas falo sobre isso depois.

De qualquer maneira, eu estava cheia de ideia pra posts, mas por causa dessa montanha russa de sentimentos, acabei não seguindo em frente com eles. Tenho recebido mensagens deliciosas de pessoas que acompanham o blog e elas estão aquecendo meu coração, e me deixando cheia de vontade de continuar por aqui.

Então, enquanto preparo esses textos, hoje vou deixar pra vocês algumas fotos que tirei ontem na casa da minha tia, onde fui passar o almoço de dia das mães. O quintal lá é recheado de plantas e flores maravilhosas, criadas com um carinho enorme. E ainda tem participação especial da Miúcha e da Mafalda, as gatinhas mais lindas que você vai ver na vida.

Lovely Linda

Linda Eastman foi a primeira mulher a publicar uma foto na revista Rolling Stone, quando as ladys estavam dando os primeiros passos em direção à independência, ela já tinha encontrado voz própria (meu eu feminista não se contém!) e tirado fotos de músicos como os Stones, Janis Joplin, The Doors, Jimi Hendrix, e os Beach Boys. Dizem que ela passava um bom tempo conversando com os artistas, deixava-os livres e leves, e daí tirava as fotos, e é por isso os registros são tão bons. Em 1967, já divorciada e com uma filha pequena, conheceu Paul McCartney, durante a festa de lançamento de Sgt. Peppers Lonely Hearts Club Band, e daí o que rolou foi paixão!

Paul e Linda viraram um casal, apaixonados pela natureza, por animais, pelos filhos e um pelo outro. Os 30 anos que passaram juntos renderam fotos incríveis, assim como músicas incríveis por parte dele. A intimidade foi toda registrada de maneira única, assim como turnês e dias de estúdios (inclusive ainda da época dos Beatles ❤️). Sério, relationship goals!