deixa ela entrar

É tanto tempo que passamos nos arrastando por aí, tropeçando em nós mesmos, errando as esquinas que viramos. Já acordando com a mente enebulada e exausta. Procurando beleza em tudo e só conseguindo encontrar um monte de sentimento oco.

É tempo, é muito. Nunca acaba e a gente já tá mergulhado naquele lugar abafado, de eco, de vazio.

Então chega um dia em que nos surpreendemos com algo pequeno. Que o amor próprio dá as caras. Que algumas pessoas a nossa volta decidem cuidar. Algumas coisas mudam e outras se mostram mais fiéis do que nunca. Seu interior termina as obras que duraram tantos anos e causaram tanto distúrbio. A vida se alinha. A mente e o mundo conversam e entram em um acordo. A ansiedade não tem mais tanta força. As insatisfações ficam pequenas diante das coisas que lhe excitam, as vontades são mais poderosas e estar no mundo de repente vale a pena. A gente percebe que anda respirando um ar mais leve.

É estranho, mas parece que a felicidade tá querendo te conhecer melhor. Ela é aquela amiga de infância que mudou pra longe quando você cresceu um pouco mais e é estranho que ela queira entrar outra vez em sua vida, assim, do nada. Seus anos construindo uma mente cética não lhe deixam acreditar nessa relação tão pura. Ela chegou, mas com certeza planeja ir embora logo, lhe passando a perna. Ela chegou, mas vai ter preço e trazer consequências. É melhor não se apegar, assim a decepção vai ser menor.

A vida nos deixa despreparados pra quando a felicidade aparece. Os anos de sufoco fazem com que a gente duvide da alegria e fique desconfiado diante de muitos dias bons, de muitas conquistas. Parece justo? Acho que já chega de ficar tão ansioso toda vez que tudo parece bem e sair criando motivo pra se preocupar.

A dor precisa ser sentida, precisa mesmo, todinha. Mas quando a vida dar uma clareada, acredite, você merece. Deixa a felicidade entrar. Mesmo sabendo que amanhã ela pode já não estar mais aqui, trate ela bem. Convida pra passar a noite, pra ficar quanto tempo precisar e pra voltar quando quiser. Fica mais, mas promete que não vai forçar a barra. Fica e deixa eu aproveitar você.

É difícil de acreditar que a vida vai ser tão boa, mas, de tempos em tempos, ela simplesmente é.

Anúncios

4 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s