A mensagem de Clube da Luta

Sim, Clube da Luta tem uma mensagem – e é uma das boas. O filme é amado por meio mundo e famoso principalmente porque não se deve falar sobre ele, porque tem o Brad Pitt e por causa da surpresinha do final. Geralmente é taxado como um filme violento, mas, pra mim, isso é consequência da falta de observação das pessoas. Eu mesma só fui perceber muita coisa depois de assistir algumas vezes.

A história é a seguinte: o personagem principal (Edward Norton – em uma atuação que beira a perfeição) é um nice guy. Trabalha engravatado e tem um apartamento decoradinho pelo catálogo da Ikea, também é solitário e sofre de insônia. Quando seu apartamento explode em chamas, ele vai morar com Tyler Durden (Brad Pitt – também perfeito, em todas maneiras, as usual) e, juntos, eles criam o Clube da Luta, sendo este a melhor forma de terapia que já encontraram.

Pra mim, é um dos filmes com a maior quantidade de falas boas, sempre salpicadas de ironias e críticas construtivas. Acho que a principal dessas é em relação ao consumismo. “Eu folheava os catálogos e me perguntava: ‘Que tipo de porcelana me define como pessoa?’”. Ao longo do filme o personagem descobre que não, nós não precisamos de tantas coisas! “Somos subprodutos de uma obsessão por um estilo de vida.”

É um retrato do mundo atual, habitado por pessoas que não realizam seus sonhos, influenciados pela mídia, pelas propagandas, pela obsolescência programada, que tentam estipular nossa maneira de ser e agir. A subversão da liberdade, da felicidade. Uma prisão na qual colocamos nós mesmos. A forma como os personagens do filme fogem desse mundo faz parecer que a história não tem nenhuma relação com a realidade, mas tem, e muito! A fala de Tyler, a seguir, é parte de uma sequência incrível do filme, que mostra bem tudo isso:

“Vocês têm todo esse potencial. Desperdiçado. Uma geração inteira de garagistas, garçons: escravos de colarinho branco. A propaganda põe a gente pra correr atrás de carros e roupas. Trabalhar em empregos que odiamos para comprar merdas que não precisamos. Somos uma geração sem peso na história. Sem propósito ou lugar. Não temos uma Grande Guerra, não temos a Grande Depressão. Nossa Guerra é espiritual. Nossa Depressão são nossas vidas. Fomos criados através da televisão para acreditar que um dia seriamos milionários, estrelas de cinema e rock stars. Mas não seremos. Aos poucos tomamos consciência desse fato. E estamos muito, muito putos.”

Qual mensagem, então, fica pra vocês? Pra mim, mostra que não podemos deixar que o mundo cale nossos verdadeiros instintos. Correr atrás de nossos sonhos é a única maneira de termos a possibilidade de felicidade em nossas vidas, pois, de outra maneira, somos entregues à mediocridade de aceitar tudo o que nos é imposto.

Anúncios

10 comentários

  1. Nossa se antes eu já queria ver o filme, agora mais ainda.
    Hoje mesmo chegando quero ver, existe muitas criticas boas sobre o filme, e esse trecho em aspas meu deus! É exatamente assim somos alienados por um estilo de vida que se diz “perfeito” quando na verdade podemos construir o nosso.
    Digo isso por experiência a algumas escolhas que decidi tomar na minha vida, e como a sociedade cai matando em cima por não ser o padrão digamos assim.
    Enfim adorei a dica.

    Abraços, ☼

    Curtido por 1 pessoa

  2. Nossa, não assisti esse filme ainda, mas depois desse post, acho que vou correr assistir. Não imaginava que “Clube da luta” seria assim, para mim, só é mais um filme sobre luta e acho que por isso nunca me interessei em assistir, mas depois dessa sua abordagem, eu fiquei interessadíssima!
    Ótimo post!
    Beijoos :*

    Curtido por 1 pessoa

    1. Eu também não gosto de filmes sobre luta hahaha! E percebo mesmo que muita gente não sabe sobre o que o filme realmente é. O mais interessante é que a luta no filme não tem nada a ver com técnica, ou quem vai ganhar, como eu disse, é só uma maneira dos personagens fugirem do mundo! Assista, é de qualidade mesmo!

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s